Sobre Trabalhos: __ rastro#4 __ acúmulo __

Na madrugada do dia 11 de abril de 2015, das 3h30 – 7h30 da manhã, o Coletivo Cartográfico realizou a ação performativa __ rastro#4 __ acúmulo __ na Feira da Madrugada, Largo da Concórdia e percurso entre ambos, no bairro do Brás, em São Paulo/SP.

Foto: Viviane Bezerra

Foto: Viviane Bezerra

A ação integra o movimento#2 – cidade, deriva e cartografia do projeto Liminaridade | 5 movimentos, realizado e proposto pelo Coletivo em parceria com o Núcleo Tríade, contemplado pela 17a edição do Fomento à Dança da Cidade de São Paulo.

__ rastro#4 __ acúmulo __ faz parte da série de performances Rastros – ações site-specific que o Coletivo tem realizado desde o início de 2014, investigando relações corpo-materialidades-cidades que deixam rastros temporários que testemunham por um tempo mais dilatado do que o do ato performativo, a memória de alguma ação humana coreográfica.

As integrantes do Cartográfico decidiram, como parte do processo de mergulho teórico prático do movimento#2, portanto, conceber um novo Rastro, como via de riscar alguma fatia do corpo urbano.

A escolha do novo território urbano para a concepção de __ rastro#4 __ acúmulo __ se deu a partir das seguintes perguntas, lançadas pelo Coletivo na internet:

1. Qual seria um lugar que você gostaria de destruir na cidade de São Paulo?

2. Qual seria um lugar que te excita na cidade de São Paulo?

3. Qual seria um lugar com conflito de classe na cidade de São Paulo?

4. Qual seria um lugar de descanso na cidade de São Paulo?

5. Qual seria um lugar com muitas camadas de tempo sobrepostas na cidade de São Paulo?

A partir das diversas respostas recebidas, foi escolhido o Brás como o território para o desenvolvimento do novo Rastro e, a partir de pesquisas de campo, pesquisas históricas e sociais, derivas e trabalhos em estúdio, escolheu-se usar roupas como materialidade para a realização da ação.

Foram arrecadados e utilizados na performance o total de 236 peças de roupa – 104 blusas femininas; 28 vestidos; 14 casacos; 38 saias, shorts e calças femininas; 9 calças e bermudas masculinas; 25 camisetas e camisas masculinas; 2 shorts infantis; 1 avental; 6 gravatas; e 6 lenços.

__ rastro#4 __ acúmulo __ teve a duração total de 4h.

Segue, abaixo, seu programa performativo na íntegra.

Foto: Fernando Siviero

Foto: Fernando Siviero

 

__ rastro#4 __ acúmulo __

 

__ área de realização __

__ Feira da Madrugada __ percurso pelas ruas Oriente e Barão de Ladário até o Largo da Concórdia __ Largo da Concórdia __

 

__ duração __

__ o tempo que for necessário para a realização de todo o programa de ação __

 

__ materiais __

__ trouxas de lona que contém cerca de 78 peças de roupa cada __ pequenas caixas de som __ cada qual presa a um cinto __ contendo trilha composta por silêncios de 6 minutos __ cortados pelo som de sirenes de fábrica __

 

__ início da ação __

__ Feira da Madrugada __ 4.000 boxes __ cada performer veste um dos cintos com caixa de som __ ainda juntos __ os performers ligam __ ao mesmo tempo __ as caixas de som __ cada performer pega uma trouxa e a leva até o local de início da ação __ num corredor __ entre ambulantes que vendem suas peças no chão __ abre o saco __ estende a lona  no chão como um tapete __ expondo a pilha de roupas __ pausa __ quando a primeira sirene tocar __ começa a ação __

 

__ ação __

__ todos amarram __ uma a uma __  as peças de roupa __ uma na outra __

__ criam __ aos poucos __ uma corda __ uma tripa __ uma linha __

__ toda vez que a sirene toca __ pausam __ quando silencia __ continuam __

__ assim que terminam de amarrar todas as roupas __

__ amarram uma das extremidades da corda em sua cintura __

__ pegam todas as roupas nos braços __ caminham __ por entre a feira __

__ deixam a lona para trás __

__ toda vez que a sirene toca __ pausam __ quando silencia __ continuam __

__ ao chegarem no grande corredor inicial __ soltam as roupas no chão __ atrás de si __

__ um a um __ numa fila __ caminha para a frente __ em direção a saída __

__ deixando exposta a corda __ a tripa __ a linha de roupas __

__ toda vez que a sirene toca __ pausam __ quando silencia __ continuam __

__ ao chegarem perto dos bancos de rodoviária __ param de caminhar __

__ lentamente giram __ deixando que as roupas se amarrem em seus corpos __

__ quando todas as roupas estiverem juntas a seus corpos __

__ se deslocam __ por entre a feira __ seus corredores __ suas vielas __

__ em direção à outra saída __ a menor __ a da rua oriente __

__ toda vez que a sirene toca __ eles pausam junto às outras coisas __ paredes __ roupas também inertes __ sacolas __ quando silencia __ continuam __

__ ao chegarem na saída da rua oriente __ esperam __ até que todos tenham chegado __

__ então caminham próximos __ entre as ruas do Brás __ para o Largo da Concórdia __ rua do Oriente __ rua Barão de Ladário __

__ durante esse trajeto __ quando a sirene toca __ não mais pausam __

__ desamarram uma das peças de roupa de seu corpo __ a estendem no chão __

__ uma silhueta __ um outro __

__ deitam ao seu lado __ depois seguem a caminhada __

__ ao chegarem ao Largo da Concórdia __ caminham até seu centro __

__ desamarram __ uma a uma __ as peças de roupa de seus corpos __

__ estendem __ uma a uma __ lado a lado __ as roupas no chão __

__ deitam __ dessa vez por cima __ de cada silhueta criada no chão __

__ ali ficam um tempo __ o necessário __

__ depois se levantam __ reiniciam o processo __

__ as sirenes continuam __ mas já não importam __ tudo segue __

__ apesar delas __ com elas __

__ pouco a pouco __ do centro à periferia do Largo __

__ criam um desenho comum __ com as roupas que despem de si __

__ qual um tapete circular __

 

__ quando desamarrar de si a última peça de roupa __

__ uma vez mais a estende no chão __

__ uma vez mais deita por cima dela __

__ mas dessa vez permanece __

__ até que toque __ uma vez mais __ a sirene __ sua última sirene __

 

__ quando o som da sirene terminar __

__ se levanta __ desliga a caixa de som __ senta em um banco qualquer __ espera até que todos tenham terminado __

__ todos vão embora juntos __ deixando as roupas para trás __

 

__ agradecimentos __ roupas doadas __

Danila Lessa, Luísa Nóbrega, Maíra Dietrich, Patrícia Sampaio, Vanessa Vianna, Viviane Bezerra.

 

__ fotos de Fernando Siviero __

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

__ fotos de Viviane Bezerra __

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Sobre Trabalhos: rastro#3 | reimpressão |

A ação performativa rastro#3 | reimpressão | aconteceu no dia 20 de setembro de 2014, como parte da programação do festival Cardápio Underground, em Bragança Paulista/SP. Se iniciou as 11h15 e terminou às 12h35, tendo, portanto, a duração total de 1h20.

rastro#3 | reimpressão | Cardápio Undergraund - Bragança Paulista

rastro#3 | reimpressão | Cardápio Undergraund – Bragança Paulista

| programa |

| local |  Bragança Paulisa | em frente a um trêm em cárcere ao lado de um pônto de ônibus |  diante da Praça 9 de Julho

| número de participantes | 3

| duração | o tempo necessário para a impressão de 42m de linhas paralelas

| preparação | 10 kg de carvão | 3 pessoas vestidas de preto | 1 pedaço de carvão em cada uma de suas mãos

| ação | as 3 pessoas se colocam em uma fila, voltadas para a mesma direção, a uma distância de cerca de 14m uma da outra | deitam-se no chão, de barriga para baixo, com o rosto apoiado no chão e as mãos na lateral do corpo | imprimem o carvão no chão e desenham 2 linhas, paralelas aos seus corpos, a partir do movimento de esticar os braços acima de suas cabeças e ao longo do corpo na direção de seus quadris | a mesma linha paralela é desenhada por 3 vezes, quando os carvões são abandonados no chão ao lado do corpo | as mãos apoiam e os pés impulsionam todo o corpo para a frente, com a ajuda dos braços | o mesmo procedimento se repete até que as linhas desenhadas se unem às anteriores, criando, pouco a pouco, 2 linhas contínuas | quando as linhas atingem 14m e alcançam o início da linha de quem está mais à frente, a pessoa se levanta e vai embora.

Caso os carvões, que seguram nas mãos, quebrem ou terminem, elas devem deixar seus restos no chão, se levantar e buscar novos carvões para prosseguir com a ação até o seu término.

O término completo da ação ocorre quando a última pessoa finalizar suas linhas.

Fotos: Chris Campos

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre Trabalhos: rastro#2 | corte

A ação peformativa rastro#2 | corte, ocorreu no dia 27 de abril de 2014, no Elevado Costa e Silva (Minhocão), como parte da programação do Festival BaixoCentro. A ação se iniciou num dos extremos do Elevado, o Largo Padre Péricles, no qual furamos os sacos de 25kg de farinha em que estávamos atadas. A duração da ação e a distância que percorreríamos no Minhocão seriam determinados inteiramente pela farinha – ela terminando, daria fim ao percurso. Chegamos ao outro extremo, na Praça Roosvelt. Começamos as 15h e terminamos as 17h25.

programa performativo de rastro#2 | corte:

local | Elevado Costa e Silva a partir do Largo Padre Péricles

número de participantes | indefinido

duração | o tempo que durar o material

preparação | cada participante tem um cinto preso a cintura | no qual estão amarradas duas cordas | as cordas ligam a pessoa a um saco de 25kg de farinha que repousa sobre o chão | no fundo do saco há um furo

ação | por cima de 300 mil sacos de cimento | 60 mil metros cúbicos de concreto e de 2 mil toneladas de cabo de aço que depois de 11 meses de obra criaram 3,5km de extensão | o participante derrama 25kg de farinha | a farinha faz uma linha às costas do participante | que caminha lentamente | de tempos em tempos | o participante para a caminhada | se vira para trás | se abaixa diante do saco e o ergue | para que a farinha novamente se acumule no fundo do saco | volta a se levantar | vira para a frente e segue o caminho | caso haja mais de um participante | eles deverão caminhar em paralelo e erguer o saco simultaneamente | quando a farinha acabar | o(s) participante(s) pega(m) o saco e deixam o Elevado pela rampa de saída mais próxima

fotos de Fernando Siviero:

Este slideshow necessita de JavaScript.

fotos de Viviane Bezerra:

Este slideshow necessita de JavaScript.

fotos de Luiz Abbondanza:

Este slideshow necessita de JavaScript.